sábado, 18 de junho de 2011

Prefeitura de Salvador abre concurso público para cargos de saúde

A Prefeitura do Salvador vai realizar concurso público para provimento de 3.457 vagas e formação de cadastro de reserva na área de saúde do Município, contemplando cargos dos níveis superior, médio e técnico. O edital foi publicado hoje (17) no Diário Oficial do Município e prevê a seleção de profissionais para os cargos de auditor em Saúde Pública, fiscal de controle sanitário, profissional de atendimento integrado, sanitarista, técnico em serviços de saúde e auxiliar em serviços de saúde. As inscrições começam na próxima terça-feira (dia 21) e seguem até o dia 17 de julho, exclusivamente pela internet. O processo seletivo é realizado pela Fundação Cesgranrio, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Planejamento, Tecnologia e Gestão (Seplag).
A íntegra do edital está disponível nos endereços eletrônicos da Fundação Cesgranrio www.cesgranrio.org.b e Seplag (www.gestaopublica.salvador.ba.gov.br). De acordo com o cronograma, as provas objetiva, discursiva e redação serão aplicadas no dia 25 de setembro, e a divulgação do resultado final está prevista para o dia 10 de janeiro de 2012. A taxa de inscrição é de R$ 47,90 para os cargos de nível superior, e de R$ 29,80, para as funções dos níveis médio e técnico.
Há vagas para assistente social, médico (nas especialidades de angiologia, cardiologia, cirurgia geral, clínica, dermatologia, medicina do trabalho, gastroenterologia, generalista, geriatria, ginecologia, intervencionista, neurologia, oftalmologia, ortopedia, pediatria, psiquiatria e urologia); biólogo, enfermeiro; farmacêutico; farmacêutico bioquímico; fisioterapeuta; fonoaudiólogo; médico veterinário; nutricionista; odontólogo; psicólogo; terapeuta ocupacional; engenheiro sanitarista; biomédico; físico; químico; educador físico; técnico de enfermagem; técnico em laboratório; técnico em radiologia; técnico em saúde ambiental; técnico em saúde bucal; auxiliar em saúde bucal; cuidador; oficineiro; engenheiro civil; engenheiro químico; engenheiro sanitarista e arquiteto.
Remunerações
A remuneração (vencimento mais gratificação de competência) é de R$ 8.276,57 para o auditor em Saúde Pública, com jornada semanal de 40 horas; de R$ 4.184,89 (40 horas) para fiscal de controle sanitário; de R$ 5.157,69 (40 horas) para sanitarista; de R$ 1.673,96 (20h), R$ 2.511,00 (30h) e R$ 3.347,92 (40h) para o cargo de profissional de atendimento integrado. O técnico em serviços de saúde terá remuneração de R$ 1.255,50 (30h) e R$ 1.673,96 (40h), enquanto o auxiliar em serviços de saúde receberá R$ 1.255,47, com jornada de trabalho de 40 horas/semana.
As oportunidades para técnico em serviços de saúde, no total de 1.220, são destinadas a técnicos de enfermagem (894), laboratório (145), em radiologia (22), saúde ambiental (25) e saúde bucal (134). Para o cargo de auxiliar em serviços de saúde, existem 90 vagas e podem concorrer auxiliares em saúde bucal (24), cuidadores (41) e oficineiros (25).
É exigida graduação superior para os cargos de auditor em Saúde Pública, fiscal de controle sanitário, profissional de atendimento integrado e sanitarista. Para concorrer às vagas de auditor, o candidato deve ter qualificação na área de contabilidade, enfermagem, farmácia ou medicina.
No caso de fiscal de controle sanitário, exige-se qualificação nas áreas de arquitetura, biologia, biomedicina, enfermagem, engenharia civil, engenharia química, engenharia sanitária, farmácia, farmácia bioquímica, física, fisioterapia, medicina veterinária, nutrição, odontologia e química. Os candidatos vão concorrer a 100 vagas, distribuídas entre essas especialidades.
Para o cargo de sanitarista, podem concorrer candidatos com graduação superior em enfermagem, biologia, farmácia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, psicologia ou serviço social, e curso específico de pós-graduação, em grau de especialização, na área sanitária. São oferecidas 10 vagas para os candidatos ao cargo.
Vagas
A maioria das vagas reservadas ao cargo de profissional de atendimento integrado destina-se a enfermeiros (580) e médicos (578). Pelo menos 202 dos novos profissionais de enfermagem vão trabalhar no Programa Saúde da Família (PSF) e outros 57 no Centro de Atenção Psicossocial (Caps). Os médicos serão contratados para reforçar, principalmente, as unidades do PSF, Caps e Serviço de Atendimento à Urgência e Emergência Móvel e Fixo.
O cargo de profissional de atendimento integrado reserva, ainda, 148 vagas para assistente social; 167 para odontólogos (clínico, cirurgião buco-maxilo-facial, endodontista, oncologista, periodontista e protesista); 117 para psicólogo; educador físico, 40; biólogo, 24; engenheiro sanitarista, 2; farmacêutico, 108; farmacêutico bioquímico, 70; terapeuta ocupacional, 85; fisioterapeuta, 33; fonoaudiólogo, 2; médico veterinário, 26, e nutricionista, 52.
Os candidatos aprovados no concurso poderão ser nomeados para a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) ou qualquer órgão ou entidade da administração municipal direta e indireta, desde que haja previsão do cargo (com respectiva área de qualificação, atuação e carga horária) e necessidade da Prefeitura. Os auditores, contudo, serão contratados para atuar exclusivamente na SMS, com o objetivo de avaliar e fomentar a formulação das diretrizes de controle interno dos recursos sob a gestão do Fundo Municipal de Saúde. Os fiscais de controle sanitário também estarão vinculados à Secretaria.
A maior parte dos novos servidores será absorvida pela SMS no serviço de regulação da capital, nos postos do PSF, Caps, Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), Serviço de Atendimento à Urgência e Emergência Móvel e Fixo e no Centro de Especialização Odontológica (CEO).
Provas
O concurso será realizado em etapa única para os candidatos que disputarão vagas dos níveis médio e técnico, e a avaliação ocorrerá através de prova objetiva sobre conhecimentos gerais e específicos. Para os cargos de nível superior, haverá duas etapas: na primeira, serão aplicadas a prova objetiva (conhecimentos gerais e específicos) e redação, ambas de caráter eliminatório e classificatório. Na segunda, eles participam da avaliação de títulos, para efeito de classificação. Os candidatos à função de auditor em Saúde Pública não farão a redação, porém, serão os únicos a realizar prova discursiva.
A Fundação Cesgranrio mantém convênio com a empresa Microlins, cujos postos estarão disponíveis para inscrição dos candidatos que não possuem computador. As unidades credenciadas ficam no bairro de Nazaré (Avenida Joana Angélica, 150) e Mercês (Avenida Sete de Setembro, 924).
O último concurso realizado pelo Município para médico, enfermeiro, psicólogo, assistente social, biólogo, nutricionista, auxiliar de nutrição e técnico de enfermagem foi realizado em 2002. Com o processo seletivo anunciado hoje, será a primeira vez que a Prefeitura do Salvador selecionará, por concurso público, terapeuta ocupacional, educador físico, fonoaudiólogo, oficineiro e cuidador.

Concurso para cargos de saúde

 Cargos
 Vagas
Auditor em Saúde Pública  Fiscal de Controle Sanitário
Sanitarista
Técnico em Serviços de Saúde
Auxiliar em Serviços de Saúde
Profissional de Atendimento Integrado
5  100
10
1.220
90
2.032
 Total de vagas:  3.457

Nenhum comentário: