sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Estudo aponta que violência

O estudo Mapa da Violência 2011, lançado pelo Instituto Sangari, no Ministério da Justiça, com dados sobre a violência no Brasil, revela que homicídios são a principal causa de morte da população de 15 a 24 anos–e que o tráfico de entorpecentes, em todas as regiões, é um dos principais vetores desta matança. A constatação mais marcante sobre a Bahia segue tendência nacional: a violência migra da capital para o interior. Seis municípios baianos têm taxas mais altas de homicídio do que a capital. Itabuna (98 homicídios por 100 mil habitantes), Lauro de Freitas (94,8), Dias D’Ávila (91,9), Eunápolis (89,6) e Camaçari (60,5). O caso mais grave é o de Simões Filho (152,6 mortes por 100 mil habitantes).

Nenhum comentário: